Vamos começar o mês de dezembro comentando sobre um assunto muito sério: o preconceito enfrentado pelos portadores do vírus da AIDS.

Esse é um tema ainda muito presente na nossa sociedade e, portanto, para ajudar a mudar essa realidade, o Ministério da Saúde lança nesta terça-feira, dia 1º de dezembro, a campanha publicitária com o tema sobre o preconceito e estigma, por ocasião do Dia Mundial de Luta contra a AIDS.

Quem tem HIV/AIDS pode levar uma vida normal. É claro que viver com o HIV, o vírus da AIDS, exige uma série de cuidados, mas existe tratamento. Quem vive com HIV pode beijar na boca, abraçar, namorar, trabalhar e fazer exercícios como qualquer outra pessoa.

Viver com o preconceito pode ser mais difícil do que viver com o vírus. O preconceito isola, dificulta o tratamento e  faz muitas pessoas evitarem o exame, com medo de descobrir se têm ou não o HIV.

Vamos aproveitar o Dia Mundial de Luta contra a AIDS para buscar informações, afim de deixarmos o preconceito de lado!

Viver com a AIDS é possível. Com o preconceito NÃO!


Anúncios