You are currently browsing the tag archive for the ‘Moda’ tag.

O color blocking está nas vitrines das maiores lojas do mundo, de grandes labels e das fast-fashion. Aposto que você sabe o que ela significa; mas se não, é super simples: é a tendência de misturar blocos de cores vibrantes nas suas peças de roupa.

A tendência chegou e está ficando, mas ainda assim, tem muita gente se perguntando como se inserir na tendência sem ficar over ou até ridídulo. Eu, particularmente, não sou especialista no assunto (sou muito low-profile), mas existem dicas simples que devemos pensar ao construir um look assim:

1. É mais fácil usar duas cores da mesma família (cor quente com cor quente ou cor fria com cor fria);

2. Se quiser um grau de dificuldade maior, misture duas cores opostas, sendo uma fria e outra quente;

3. O grau de ousadia aumenta se você quiser três cores no look. Se for o caso, escolha duas cores da mesma família e uma oposta;

4. Opte por acessórios em cores básicas e sóbrias (preto, branco, nude, marrom) para não pesar.

A Helô Gomes fez um post explicando direitinho formas de usar o color blocking. Acho que vale a visita para quem quer mais informações sobre a tendência.

.

A partir dessas regras básicas, olha como fica um pouco mais fácil montar looks com a tendência:

Para um momento mais casual durante o dia, uma ida à praia, ir até a banca de jornais, ou simplesmente tomar um belo café da manhã num domingo, nada melhor do que o combo regata + short + rasteirinha.

Na tendência do color blocking, a camisa vermelha com o short amarelo fazem uma bela combinação de cores quentes, deixando para os acessórios um papel de coadjuvante.

Já no trabalho, a ousadia tem que ser mais controlada, né? Bem, não necessariamente! Nesse caso, escolhi uma calça reta na cor berinjela e uma blusa social de sede branca. O contraste de cores fica por conta da bolsa estruturada verde e da sandália pesada laranja.

Repararam na ousadia??? Três cores: berinjela + verde (cores frias) + laranja (cor quente). O resultado é super interessante para o ambiente de trabalho.

Por fim, a montação para a noite pode ser sim super colorida e, ainda sim, phyna! Nesse caso, para uma night, um jantar com o namorado ou uma ida ao teatro, a combinação da caça laranja curta e a blusa de alcinha azul bic é incrível!!!

Os acessórios, por sua vez, devem ser mais discretos. Por isso, opteri por sapato, clutch e brincos pretos. Fazendo frio, levo um blazer branco estruturado e com cintura marcada, para arrematar o visual.

.

Agora é a sua vez de brincar com as cores do armário e me contar depois!

Diane Kruger é musa-máxima, aquela que você sabe que não irá te decepcionar nunca! Fico chocada com a capacidade que ela tem de estar sempre impecável, com o visual apropriado para cada evento.

Dessa vez, ela escolher um Jason Wu deuso, com saia preta longa e fenda enorme incrível, que a deixou ultra-sexy. A parte de cima é nude, com milhares de aplicações que tornam a peça uma lindeza só! Para finalizar, cabelo solto para o lado, meio anos 50; além de boca vermelha combinando com as e unhas. Impecável!!!

Sarah Jessica Parker foi outra que me deixou com inveja! Ela aproveitou a noite para homenagear McQueen, usando uma de suas criações lindíssimas, de comprimento longo e mangas, com caimento impecável e diversas aplicações. Super apropriado para a sua idade, além de ficar em perfeita harmonia com o cabelo preso e a maquiagem. Amei!

Por onde as irmãs Olsen passam, todo mundo quer saber como eles estão vestidas, qual a marca das roupas, com é a nova tendência. Mesmo que seja absolutamente normal vê-las de mendigo chic, o mundo quer copiá-las!

Ashley Olsen preferiu não aderir a essa tendência hoje no Baile de Gala do Met e usou um Christian Dior vintage preto, com mangas bufantes creme e uma enorme fenda lateral. Com tantos detalhes marcantes, Ashley optou pelo cabelo preso simples e maquiagem menos carregada. Por incrível que pareça, eu gostei!

Já não posso dizer o mesmo de Mary-Kate… a gêmea fez questão de adentrar o red carpet de mendigo chic, com um longo horrível de mangas longas, também vintage.

Já não tenho tanta paciência para esse tipo de atitude “sou-bilionária-mas-me-visto-como-uma-sem-teto”. Boring!

A atriz Kristen Stewart que só tem uma única expressão facial escolheu um longo estampado Proenza Schouler de linhas simples vermelho. O cabelo preso e os olhos bem delineados finalizaram o visual da eterna Bella.

A pergunta que não quer calar é: Robert, cadê você para animar um pouquinho a cara da Kristen?!?!?!

Queridas leitoras, preciso de vocês. Não estou conseguindo raciocinar direito e expressar minha opinião sobre os vestidos abaixo. Ajudem-me, please!

Beyoncé, depois de férias com o marido Jay-Z em Paris, surge no Baile do Met com esse vestido Pucci sereia preto e dourado. Não sei vocês, mas pra mim, é ‘muito demais’! Eu vejo gola alta, decote generoso, cintura afinada, curvas acentuadas, adornos dourados… Não gostei!

Outra que ousou demais (será?) foi Christina Ricci com seu Zac Posen preto, estilo gótico total, cheio de recortes. Não parece que ela encorporou a Mortícia Adams ou que acabou de sair do set de filmagens do próximo filme do Tim Burton?!?! Não gostei.

Calendário

junho 2017
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Arquivos

Follow Me! @Meu_Mix

Já passaram por aqui...

  • 246,793 pessoas
online counter